instagramcustom

Blog Archives:

A Drenagem Linfática Manual no combate à celulite

O fim de ano está aí, o verão também e curtir as férias na praia ainda é uma das melhores pedidas para a temporada. Pelo menos pra mim! Quem me conhece, sabe que eu amo.

Além da dobradinha exercício e alimentação saudável, a dica para quem quer usar biquíni sem se preocupar, é investir na Drenagem Linfática Manual. O procedimento é bem menos agressivo e mais eficaz que outros tipos de massagens estéticas.

Estou fazendo a Drenagem e pedi à Andréa Boareto, esteticista facial e corporal, para falar um pouquinho sobre esse método super bacana que promete reduzir esse problema pra lá de indesejável.

O que é a Drenagem Linfática Manual?

A Drenagem Linfática Manual é um procedimento fundamental nos tratamentos mais avançados para o controle e redução da celulite. É considerada, sem dúvida alguma, a melhor massagem para eliminar este problema, pois utiliza de maneira científica e correta o toque manual.

A técnica exige precisão e delicadeza, evitando-se aplicar pressão superior à necessária para mobilizar a linfa nos coletores e gânglios linfáticos. Tem como objetivo drenar o excesso de líquido no corpo e rosto, favorecendo sua reabsorção e evitando o acúmulo de toxinas.

O tratamento regular de DLM nas regiões com celulite instalada melhora significativamente o quadro

São considerados tratamentos proscritos os métodos agressivos de massagem, que causam traumas nas regiões tratadas, tornando-as muito tensionadas e irremediavelmente rotas. Ainda nestes métodos ocorre a fragilização de vasos sanguíneos e linfáticos, agravando com o tempo os problemas já existentes!

A DLM, ao contrário, com suas manobras seguras e bem orientadas, reforça a circulação sanguínea e o sistema linfático, favorecendo a cada dia a saúde e a beleza do seu corpo.

A DLM-corporal/facial é também utilizada em diversas indicações terapêuticas:

  • celulite;
  • varizes e pernas cansadas;
  • problemas circulatórios;
  • pós cirurgias plásticas;
  • pós lipoaspiração;
  • edemas da gravidez;
  • TPM;
  • enxaquecas,
  • sinusite, rinite, otite;
  • artroses, artrites, tendinites

Para casos de celulite e retenção de líquidos, as sessões de DLM devem ser feitas regularmente. O importante é estabelecer uma rotina, seja semanal ou quinzenal! A celulite não tem cura, mas controle.

Andréa Boareto. É esteticista facial e corporal há 20 anos. Atualmente, é graduanda em Nutrição, pela UFMG.

5 dúvidas sobre o Botox

Quem me conhece sabe que sou uma entusiasta do Botox. Sempre que posso – obedecendo a periodicidade correta de aplicação, é claro – recorro a esse tratamento para prevenir as indesejáveis rugas.

Sei que muita gente tem vontade de aplicar Botox, mas acaba adiando o desejo por medo ou por se achar muito nova para o tratamento.

Para quebrar o tabu sobre o assunto, convidei a Dra. Cristiane Câmara Alves, da Clínica Pampulha, para esclarecer as principais dúvidas sobre o Botox, ou Toxina Botulínica tipo A.

1. A toxina botulínica tipo A (botox) vicia?

Não existe nenhuma evidência científica de que a aplicação da toxina botulínica cause vício. O importante é adequar a dose, a diluição e o tempo certo de reaplicação.

2- O botox pode ser utilizada para aumentar os lábios?

Não. O que usamos para aumentar o volume dos lábios é o preenchimento com ácido hialurônico.

3 – Os cremes anti-rugas oferecem resultados similares ao tratamento com a toxina botulínica? Não existe nenhum creme com toxina botulínica em sua formulação. Os cremes agem superficialmente na pele, melhorando a hidratação e atenuando as rugas finas. Já a toxina atua no músculo responsável pela formação das rugas de expressão.

4 – O botox pode substituir uma cirurgia plástica? Não. A toxina botulínica pode postergar ou complementar a cirurgia plástica. A toxina atenua as rugas de expressão, e pode prevenir o surgimento de novas rugas pela reeducação da mímica facial.

5- Existe uma idade mínima para fazer este tipo de procedimento? Não. O importante é ter a indicação adequada para o tratamento. O botox é indicado em alguns casos em crianças com doenças neurológicas.

Por Dra. Cristiane Câmara Alves CRMMG 50504

Se você ainda está em dúvidas, compartilho o “antes e o depois” da última aplicação de Botox que fiz. O procedimento foi realizado no mês passado. Convecidas agora que é maravilhoso?

  • Site desenvolvido por Agência Vetta