instagramcustom

Categoria:

Mundo Fit

Qual a importância de escolher alimentos orgânicos?

Alimento orgânico, é qualquer produto animal ou vegetal obtido sem a utilização de produtos químicos que favoreçam o seu crescimento de forma não natural.

A grande vantagem disso, além da produção de alimentos mais ricos em nutrientes, saudáveis e naturais, é a preservação do solo, do meio ambiente, da agricultura sustentável e familiar. Os agrotóxicos fazem com que os alimentos tenham baixo valor nutricional e podem causar doenças, além de poluir a água, o ar, a terra, flora e fauna.

A agricultura orgânica restaura a biodiversidade, protege a qualidade da água, e os animais que se abastecem dela, evita erosão do solo, protege futuras gerações de contaminações químicas, economiza energia, ajuda pequenos agricultores a sustentar suas famílias.

Solos ricos e balanceados com adubos naturais produzem alimentos com maior valor nutritivo e muito mais saborosos. Possuem menor teor de água na sua composição, quando comparados com os alimentos convencionais por isso os nutrientes ficam mais concentrados. Normalmente são colhidos poucos dias antes do consumo, os insumos chegam na sua mesa bem mais fresquinhos e com características naturais dos alimentos que crescem no seu devido tempo e local. Não é sensacional respeitar o tempo das coisas?! Isso permite o fortalecimento da nossa saúde, bem como os mecanismos de defesa dos nosso organismo.

O comércio de alimentos orgânicos tem crescido e é possível escolher na prateleira de supermercados, em feirinhas e até pedir em casa através de sites e empresas que fazem esse trabalho delivery, costuma ter um preço um pouquinho mais alto do que os convencionais pois exigem mais tempo e cuidado no cultivo.

Você também pode optar por ter uma hortinha em casa, é uma experiência maravilhosa a criança tem contato com a natureza, conhece de onde vem o alimento e consequentemente tem mais prazer em consumir os tais “verdinhos” principalmente.

“Estamos legando às futuras gerações a esperança de uma vida justa e harmoniosa neste planeta. Consumindo orgânicos, desenvolvemos nosso papel de agentes de transformação social e ambiental, praticando um exercício de cidadania” (fonte: ministério da agricultura).

Importante lembrar que mesmo o produto orgânico precisa ser higienizado, pois etapas como a água que rega, contato com a terra, manuseio humano e transporte podem causar contaminação.

Vale pensar também que industrializados orgânicos podem ter sal, gorduras ruins e outros elementos que não são saudáveis na sua composição. Tipo: pode ser orgânico e frito, né? Ai não faz tão bem assim! Fiquem ligados aos rótulos e selos de regulamentação.

Consuma alimentos naturais e caseiros na sua rotina e dos seus filhos! Deixe as embalagens para dias esporádicos, nunca para o dia a dia.

Matéria escrita por Letícia Oliveira, nutricionista infantil.

Instagram @nutrininos

site www.nutrininos.com.br

No fim de semana, está liberado brindar!

Se você se preocupa com o índice glicêmico dos alimentos, já deve saber que os sucos têm IG mais alto do que as frutas. Isso tudo por que a quantidade de fibras presentes na fruta in natura é bem maior.

Quando o assunto é bebida alcoólica (olha o fim de semana chegando aí!), então, nem se fala! A gente sabe que o álcool é calórico e tem carbo em sua composição. E como é metabolizado primeiro, a tendência do nosso corpo é armazenar os outros nutrientes sob a forma de gordura.

Isso não significa, que a gente nunca possa tomar aquele suco refrescante nesse calor ou relaxar e comemorar tomando um drink que amamos. Exceções fazem parte da vida e o que valem todo foco valer a pena. Se for com equilíbrio, então, melhor ainda!

Agora se você está em um processo de mudanças de hábitos e quer evitar aquela culpa chata na consciência, existem opções com menos carboidratos e índice glicêmico mais baixo. No caso dos sucos, por exemplo, o campeão é o limão. O suco de maracujá, caju, amora e morango também estão liberados. Sabe o que é ótimo? Congelar a fruta e passá-la por um processador. Vira um sorvete delicioso! Eu adoro.

Para as bebidas alcoólicas, eu sempre dou preferência ao vinho seco. Às vezes, tomo uma cervejinha. Confesso!

Lembre-se, entretanto, que o álcool deve ser consumido com moderação.

Clima x Humor?

Humor e ânimo, para mim, estão totalmente relacionados a cor do céu.

Em dias ensolarados, fico mais feliz e com disposição nas alturas . Até aproveito para treinar na rua. Nos dias nublados, a situação se inverte. O ânimo acaba dando lugar à uma certa angústia. Acho que o cinza do céu acaba me deixando mais introspectiva.

Pesquisando um pouco mais sobre o assunto, descobri que o clima influencia no nosso humor. Em dias mais iluminados e longos, existe algo no ar que nos convida a interagir com o mundo. Naturalmente, ficamos mais bem humorados e dispostos a curtir o dia. É que o sol ajuda a produzir serotonina, despertando o nosso cérebro para experiências mais animadas. Ele também favorece o sono que é fundamental para começar o dia seguinte com alto-astral.

Nos dias cinza acontece o oposto. Quem não vive uma fase muito boa da vida sente demais a ausência do sol. A baixa luminosidade acaba desencadeando o mau humor. O segredo nessas horas é aprender a conviver consigo mesmo e aproveitar esses dias para refletir sobre a vida.

A atividade física também é fantástica para espantar o desânimo. Umas gotinhas de suor dão aquela endorfinada gostosa, levando o desânimo para bem longe! Quando feita ao ar livre, então, melhor ainda!

Energia para treinar!

Pedindo ajuda a papai do céu: energia e mais energia! Trabalhar, cuidar dos filhos, da casa, divertir e ainda exercitar o corpo. Haja disposição para fazer tanta atividade.

Embora não seja justificativa, em meio a vários compromissos, dá até para entender algumas sabotagens aos treinos. Felizmente, dá para driblar o desânimo! O segredo da disposição para cuidar do corpo em meio à uma rotina atribulada envolve alimentação saudável, descanso e hidratação.

Alimentação

A alimentação saudável não é complexa e nem cara. É tudo muito mais simples que você imagina: comida de ver-da-de! É só seguir o lema: descanse mais e desembrulhe menos. Mais hortaliças, legumes e carnes. E menos industrializados, cheios de açúcar e conservantes do mal, que inflamam o organismo. Antes do treino, carboidratos do bem – como a banana, pão integral e batata doce – para fornecer energia. Depois, opte por proteínas magras para recuperar os músculos.

Descanso

Dormir, além de muito, gostoso, é reparador! Descansar é fundamental para recuperar o corpo e deixá-lo prontinho para as atividades que virão no dia seguinte. Se você quer aumentar a massa magra, saiba que o sono é um forte aliado.

Hidratação

Beber água, além de hidratar, previne lesões. De acordo com os especialistas, a gente deve beber água de forma fracionada ao longo do dia e também durante os treinos.

Dica: a quantidade varia de acordo com as condições individuais de cada pessoa, intensidade do treino e clima. Nos dias mais quentes, o volume deve ser maior.

Dica bônus: escolha um esporte e uma academia que você sinta prazer de treinar.

Como ter hábitos alimentares mais saudáveis sem muito esforço?

O fim de semana está chegando! Além de curtir bons momentos e relaxar livre das preocupações da semana, a gente quer comer. Depois de uma semana alimentando de forma equilibrada, queremos saborear. Deliciar com tudo aquilo que acreditamos que não podemos comer de segunda a sexta.

O que proponho é algo diferente: e se você começar a ter a mesma alimentação de segunda a segunda sendo saudável, e ao mesmo tempo, feliz? Aposto que você pensou que isso era impossível, certo? Talvez porque isso não faça parte das suas crenças. Afinal de contas, estamos acostumados a ouvir de nossa família e amigos: “De segunda a sexta eu não posso me dar o prazer de comer isso.” Quando chega sábado e domingo, entretanto, está liberado jacar como se não houvesse amanhã. Como se isso não acabasse jogando por terra todo o esforço da semana.

Por outro lado, você pode não ter transformado a alimentação saudável em um hábito. Para transformar em hábito, aliás, é preciso repetição e reformulação de nossas crenças.

A boa notícia é que você pode começar a fazer diferente! Pra iniciar esse processo de reprogramação de crenças, o mais importante é você sentir, ouvir e se comunicar como se já estivesse vivendo a semana de segunda a segunda. Sem que o fim de semana fosse a luz no fim do túnel ou a melhor parte, mas que todos os sete dias fossem prazerosos e importantes no processo.

Veja bem: não estou dizendo que é errado comer um doce ou uma massa. Muito pelo contrário! As exceções são deliciosas, fazem parte da vida e ainda justificam a regra. Quando a gente insere hábitos mais saudáveis em nossa rotina, comer um brigadeiro na segunda se transforma em algo normal. E livre de culpa! É só um brigadeiro em todas as 35 outras refeições semanais. Deu vontade? Você a satisfez. Pronto! É equilíbrio!

Por outro lado, comer uma salada com um grelhado suculento no domingo também se transforma em algo natural, sem esforço de evitar tentações. Mas algo extremamente prazeroso!

Viva um dia de cada vez com a crença de que ser saudável é ter consciência do que alimenta sua alma e suas emoções. E mais: que nutrir seu corpo é melhor que satisfazer compulsões.

Ps.: Pra quem está iniciando o processo, separei uma receitinha deliciosa de tira-gosto saudável para se deliciar com seu drink preferido neste fim de semana lindo que está começando amanhã: Espetinho de Muçarela de Búfala e Tomatinho Cereja!

Crianças x atividade física: como conciliar?

Voltar à rotina de atividade física com a criançada não é tarefa fácil. Com foco e um bom planejamento, tudo dá certo!

Júlia retomou as atividades escolares e físicas esse mês. Na Bodytech, inclusive, tem o programa Superkids, no qual ela está fazendo três aulas  – Ballet, Circo e Natação – e mais o inglês lúdico, com o parceiro Greenwich, uma vez na semana.

A novidade para nós, mamães, é que agora a unidade da Bodytech, na Savassi, tem um espaço kids onde as crianças maiores de três anos podem ficar com um dos instrutores da academia enquanto a gente treina ou nos intervalos das aulas infantis. Júlia faz ballet e depois inglês e se diverte no espaço kids entre as atividades. Já eu aproveito para treinar, tomar banho e sair pronta para os meus compromissos profissionais.

As mamães que entram no trabalho desde cedo, também têm a opção de deixar a criança por lá. Caso ela já tenha idade para ficar sozinha, é claro.

Vale lembrar que nada disso funciona se não tivermos planejamento. Pararmos 30 minutinhos no dia anterior e preparar a agenda, contar com imprevistos, separar lanches, uniformes, e conversar com a criança para que tudo saia bem.

Quem não tem babá, uma rede de apoio ou academia com infraestrutura infantil também consegue conciliar treinos e os cuidados com a criançada. É só escolher uma academia com uma mensalidade que caiba no seu orçamento. Certamente deve ter uma mesinha para que seu filho possa fazer o Para-Casa ou usar o tablet enquanto você treina. Ou até opções de aulas infantis para matriculá-la, e assim incentivar a prática esportiva desde cedo.

Com um bom diálogo familiar e planejamento as coisas se encaixam melhor.

Farra nada tem a ver com jaca

Nada mais gostoso que o Carnaval! 5 dias de festa que todo mundo se permite extravasar, sem culpa da consciência. Aliás, culpa é uma coisa muito ruim, que atrai só sensação negativa. Penso que se for com equilíbrio e responsabilidade, a diversão super vale a pena!

Comer, beber, dançar, conhecer gente nova, curtir os momentos felizes com intensidade. É isso que faz a vida ficar mais leve e gostosa.

Pra não perder o pique da folia, já que ainda tem festa hoje e amanhã, compartilho algumas dicas infalíveis pra você. não enfiar o pé na jaca de vez e não conseguir aproveitar depois.

Coma alimentos mais leves e beba muita água. Principalmente se ingerir álcool! A água de coco é um ótimo repositor de líquidos e sais mineirais. Além de ser uma bebida natural, super saborosa e bem mais saudável que isotônicos. Os sucos de frutas ajudam a refrescar e ainda são ricos em vitaminas. Já a melancia hidrata e garante energia extra pra folia. Experimente misturar laranja e couve. Fica uma delícia e é ótimo pra desintoxicar. Seu fígado vai te agradecer! Manga, mamão, pêssego e banana são ricos em potássio e vitamina C, essenciais pra musculatura, tão exigida pra pular Carnaval.

Bom Carnaval e um ótimo feriado!

Treine com prazer!

Praticar esportes por obrigação é definitivamente muito chato. Sem contar que as chances de você desistir dos treinos logo no primeiro mês são gigantescas.

Também sei que pegar gosto pela atividade física pode ser difícil. Afinal de contas, exercício dói. E, às vezes, ficar no sofá é bem mais prazeroso do que gastar energia levantando peso e fazendo força. Quando você persiste, entretanto, acaba descobrindo o bem danado que umas gotinhas de suor podem fazer pela sua autoestima, saúde e disposição.

Por isso, hoje quero compartilhar com vocês algumas estratégias para transformar a atividade física em um hábito gostoso e indispensável na sua rotina.

Marque o horário do treino como se fosse um compromisso de trabalho. O meu é sempre pela manhã, logo quando acordo. Assim já começo o dia pronta para encarar o que vier pela frente.

Tudo fica muito mais prazeroso quando a gente escolhe algo que curte fazer. Não adianta nada levantar peso, sendo que você acha musculação entediante. Felizmente, são inúmeros os esportes disponíveis: natação, corrida, funcional, dança, crossfit, patins… Em meio à tanta coisa, você vai achar algo que curte muito fazer.

Escolher uma academia agradável, com bons profissionais e bem equipada, também é fundamental na hora de manter a motivação sempre em alta. Eu, por exemplo, amo a Bodytech e o clima do lugar. Sem contar que os profissionais são todos excelentes, criando programas específicos para as minhas necessidades.

Uma outra dica é aquecer seu treino com uma boa trilha sonora. A música faz com que nossas emoções respondam de um jeito bem mais favorável ao exercício. O resultado do seu esforço vai valer a pena. Com o tempo, você vai se sentir muito mais disposta.

Alimentação Saudável nos EUA

Engana-se quem pensa que é impossível comer saudável nos Estados Unidos. Apesar de ser um país com alto número de obesos, nem só de hambúrguer vive o americano. Dá pra se alimentar bem e barato por lá.

Prova disso é que, durante os 20 dias em que estive lá – praticamente vivendo como uma nativa – consegui seguir minha rotina alimentar com bastante facilidade. O principal segredo para manter o foco é preparar a própria comida em casa. Não estou dizendo, é claro, para você ficar escrava da cozinha e deixar de aproveitar a gastronomia local. Mas para quem fica muitos dias, cozinhar pode ser uma bela estratégia para não se jogar nas junkie foods e até poupar uma graninha.

Se você tiver fogão, tudo fica mais fácil. Caso contrário, não é nem de longe um obstáculo. É só comprar frutas, verduras, iogurtes, cereais, saladas prontas e até ovo cozido (algo super comum nos Estados Unidos). Apesar de frutas e verduras orgânicas serem um pouco mais caros que os industrializados, os preços ainda são bem mais vantajosos que no Brasil.

Detalhe: as porções são exageradas. E geralmente pão integral e iogurte têm muito mais proteína do que os nossos produtos.

Os Estados Unidos também oferecem vários mercados saudáveis. O mais famoso deles é o Whole Foods, que é o ideal para comprar verduras, legumes, frutas e produtos mais específicos. O preço é um pouco mais caro. Portanto, para itens mais básicos, prefira o bom e velho supermercado próximo de casa.

Quem quiser manter o foco quando almoçar ou jantar fora, é só fazer as escolhas certas. Uma boa notícia é que todos os restaurantes contam com opções saudáveis, com saladas e menu light ou healthy.

Sair da linha de vez em quando é gostoso, e necessário. Não é um Hambúrguer suculento que vai colocar toda a dieta a perder. Então, aproveite a culinária sim. Com equilíbrio, tudo pode!

A vida esportiva no Texas

Quem me conhece sabe que viajar não é desculpa para deixar a atividade física de lado. Mesmo longe da Bodytech e com as baixas temperaturas dessa época do ano nos EUA, tenho me exercitado regularmente aqui no Texas.

Além de descer pra academia do prédio pela manhã e fazer musculação e algum cardio, também curto as atividades ao ar livre que fazem parte da cultura da cidade. Confesso: é muito mais prazeroso! A natureza é perfeita e me dá uma paz que só ela mesma.

Fort Worth é plana. Super favorável para dar uma pedaladas e manter o shape em forma. Além, é claro, de ser um jeito ótimo para conhecer a cidade.

Alguns locais merecem destaque por aqui. O principal deles é o Trinity Park, que conta com pistas, trilhas e um rio bastante agradável. Dá pra pedalar, correr e ainda levar a criançada junto. Já o Marion Samson Park tem trilhas ótimas específicas para Ciclismo. O Twin Points Park é outra ótima pedida para quem também ama se exercitar ao ar livre. Já o Fort Worth Waters Garden é o oásis no centro da cidade. Projetado por um arquiteto, o local é uma paisagem modernista de piscinas super futuristas.

Com as temperaturas elevadas do Verão, a dica é curtir esportes aquáticos nos diversos rios de todo Meio Oeste americano. Já fiz Caiaque e Canoagem e achei bem legal ver Fort Worth pelo rio. Existem duas empresas mais conhecidas que cuidam desses passeios: Backwoods Paddlesports at Panther Island Rentals, avaliado com 5 estrelas no TripAdvisor, e o Fort Worth Kayak Adventures.

Por fim, pra quem gosta de andar a cavalo, o Benbrook Stables conta com diversas opções de passeios. Uma ótima pedida pra dar uma variada nos treinos convencionais.

  • Site desenvolvido por Agência Vetta