instagramcustom

Alimentação da criançada

Você costuma dar bala, bombom, chiclete, docinhos ou qualquer outra guloseima quando seu pequeno está chateado? Sem querer, você pode estar criando um problemão no futuro.
Sei o quanto dói quando a criançada está triste. E mais: também sei o quanto pode ser tentador oferecer o doce preferido dos nossos pequenos nessas horas. Só que precisamos ser fortes nessas horas. Segundo especialistas, crianças alimentadas com guloseimas têm muito mais chance de desenvolver distúrbios alimentares no futuro.
E sabe o que é pior? Quando nós, mamães, descontamos nossas emoções na comida, também passamos esse comportamento para nossos filhos. Lembre-se que nossos pequenos são como esponjinhas, imitando tudo o que a gente faz.
O melhor é ensinar os pequenos a aprenderem a lidar com as situações adversas da vida desde cedo. Um colo, um beijo ou um caloroso abraço pode ser muito mais saudável nessas horas.
O diálogo também é essencial. Ele ajuda a entender o que aconteceu e possibilita esclarecer à criança que momentos de tristeza e irritação são comuns em nossa vida. É preciso tentar ajudá-las a lidar com a situação. Estaremos, assim, criando seres humanos fortes, com autonomia para enfrentar as adversidades da vida.

Leave a Reply

  • Site desenvolvido por Agência Vetta