instagramcustom

Antes de reclamar, aponte o dedo pra você

janeiro 25, 2018

Temos o péssimo hábito de reclamar, não é mesmo? Reclamos do vizinho, do colega de trabalho, do marido (ou namorada), da professora da escola, da pós-graduação, de não termos o corpo perfeito ou de faltar força de vontade para ir à academia.

Muitas vezes reclamamos sem nem pensar, mas pelo simples fato de repetir padrões que nos foram ensinados.

Você já parou para pensar que o problema talvez esteja com você mesma? Se as coisas não andam rendendo conforme gostaria, pode ser por falta de auto responsabilidade e determinação.

A proposta que faço hoje para vocês é diferente: a análise inversa. Antes de transferir a culpa das suas frustrações para pessoas ou situações, que tal observar o seu comportamento?

Em um relacionamento amoroso, por exemplo, quando foi a última vez que parou para escutar o seu parceiro de verdade? Há quanto tempo vocês não saem para jantar ou curtir um programa a dois prazeroso? O mesmo vale para o trabalho. Se você anda reclamando que não conquista mais espaço em seu emprego, talvez seja porque já não execute suas tarefas com tanto tesão mais.

O mesmo vale pra ter um corpo mais bonito ou saudável. Se vive caindo nas tentações gastronômicas, pode ser por excesso de autossabotagem: “Hoje eu comi pra descontar minha raiva, TPM ou pra comemorar uma conquista. Amanhã volto com força total.”

O desafio de hoje é tomar consciência das suas ações. O dedo tem que virar para você mesma, antes mesmo de reclamar do outro. E aí: o que você tem feito para mudar antes de reclamar?

O Coaching te ajuda nessa. Agende uma sessão. [contato@vidaposparto.com ou envie direct com suas perguntas]

Leave a Reply

  • Site desenvolvido por Agência Vetta