instagramcustom

Alimentação Saudável nos EUA

Janeiro 16, 2018

Engana-se quem pensa que é impossível comer saudável nos Estados Unidos. Apesar de ser um país com alto número de obesos, nem só de hambúrguer vive o americano. Dá pra se alimentar bem e barato por lá.

Prova disso é que, durante os 20 dias em que estive lá – praticamente vivendo como uma nativa – consegui seguir minha rotina alimentar com bastante facilidade. O principal segredo para manter o foco é preparar a própria comida em casa. Não estou dizendo, é claro, para você ficar escrava da cozinha e deixar de aproveitar a gastronomia local. Mas para quem fica muitos dias, cozinhar pode ser uma bela estratégia para não se jogar nas junkie foods e até poupar uma graninha.

Se você tiver fogão, tudo fica mais fácil. Caso contrário, não é nem de longe um obstáculo. É só comprar frutas, verduras, iogurtes, cereais, saladas prontas e até ovo cozido (algo super comum nos Estados Unidos). Apesar de frutas e verduras orgânicas serem um pouco mais caros que os industrializados, os preços ainda são bem mais vantajosos que no Brasil.

Detalhe: as porções são exageradas. E geralmente pão integral e iogurte têm muito mais proteína do que os nossos produtos.

Os Estados Unidos também oferecem vários mercados saudáveis. O mais famoso deles é o Whole Foods, que é o ideal para comprar verduras, legumes, frutas e produtos mais específicos. O preço é um pouco mais caro. Portanto, para itens mais básicos, prefira o bom e velho supermercado próximo de casa.

Quem quiser manter o foco quando almoçar ou jantar fora, é só fazer as escolhas certas. Uma boa notícia é que todos os restaurantes contam com opções saudáveis, com saladas e menu light ou healthy.

Sair da linha de vez em quando é gostoso, e necessário. Não é um Hambúrguer suculento que vai colocar toda a dieta a perder. Então, aproveite a culinária sim. Com equilíbrio, tudo pode!

Leave a Reply

  • Site desenvolvido por Agência Vetta