instagramcustom

A alimentação correta para quem amamenta

outubro 3, 2017

Os nossos parceiros do Eu Saúde compartilharam na última semana todas as vantagens da amamentação para as mamães. Para complementar o assunto e garantir a qualidade do seu leite, hoje eles trazem dicas para você se alimentar corretamente enquanto estiver amamentando.

Tudo é muito fácil e simples. A sua alimentação não precisa variar muito do habitual, desde que, é claro, já seja saudável. Ela deve ser completa, variada e equilibrada.

Vale lembrar que não é hora de se restringir demais, nem se seu objetivo for perder peso. Afinal de contas, seu corpo precisa de energia para produzir o leite. O ideal para recuperar a forma física, é colocar seu corpo em movimento com a atividade que mais curtir.

Confira abaixo as dicas da Rita Moreira, do Eu Saúde, para se alimentar corretamente durante a amamentação:

  • Faça de 6 a 7 refeições por dia (café da manhã, 1 ou 2 lanches da manhã, almoço, 1 ou 2 lanches da tarde, jantar e ceia);
  • Não deixe passar mais de 3h30 entre cada refeição;
  • Mastigue calmamente;
  • Beba bastante água (cerca de 2l por dia). Manter-se sempre bem hidratada ajuda no funcionamento do intestino e na produção do leite.

Fique atenta a alguns alimentos específicos:

– EVITE alimentos açucarados, salgados ou com muita gordura, que prejudicam tanto a saúde quanto a produção de leite.

– NÃO beba bebidas alcoólicas. O etanol passa para o leite por meio da circulação sanguínea. Como o organismo do bebê ainda não está bem desenvolvido, vai ser muito difícil para ele eliminar o álcool, afetando o seu desenvolvimento. Além disso, essa substância pode prejudicar a saída do leite da mama.

– EVITE bebidas com cafeína, como o café, chás e refrigerantes de cola. Uma pequena parte da cafeína vai passar para seu leite e pode causar agitação e irritabilidade no bebê.

– ATENTE-SE aos alimentos de sabor forte e veja a aceitação de seu bebê. Temperos como o alho e a cebola conferem sabor ao leite materno, e isso pode diminuir a aceitação do bebê. Caso não exista reação, pode comê-los normalmente. Assim, você vai fazer com que seu filhote aceite desde cedo esses sabores.

– EVITE os alimentos associados a alergias na família. O seu bebê também pode ser alérgico, apresentando sintomas inconvenientes, como a diarreia, irritações de pele, gases, tosse e desconforto.

– CUIDADO com o chocolate, pois o mesmo pode causar irritabilidade e alergia.

– CUIDADO com os medicamentos. Eles têm substâncias que passam para o leite e, consequentemente, para o bebê.

Ainda tem dúvidas sobre o assunto? Os profissionais do Eu Saúde estão prontos para ajudá-la nessa fase.

Leave a Reply

  • Site desenvolvido por Agência Vetta