instagramcustom

A genética influencia nos resultados da atividade física?

setembro 7, 2017

Que atire no chão a primeira anilha, quem nunca se sentiu frustrada por não atingir determinado tipo de corpo por causa da genética. Como posso mudar meu corpo se minha genética não favorece?

Sim, os fatores genéticos podem influenciar os resultados. A boa notícia é que não existe genética boa ou ruim. E mais: nós podem alterar a estrutura do DNA. Portanto, nada de desistir de uma vida mais saudável, porque “minha genética não favorece”.

Os fatores genéticos são expressos de duas formas: as características genotípicas, que são as internas, relacionados ao nosso DNA, e as fenotípicas, ligadas ao meio em que estamos. E é nessa segunda forma que se encontra o segredo para melhorar aquilo que não gostamos fisicamente, e que é o resultado da tal da genética.

Vários estudos sugerem que, como o fenótipo varia de acordo com o meio que estamos expostas, fatores externos podem alterar a estrutura do DNA.

Não se acomode no padrão. Não é porque você vive em constante guerra com a balança, tem os braços grossos demais ou as pernas muito finas, que não dá para mudar sua estrutura. É só oferecer estímulos para isso.

Bons hábitos, como a prática regular de atividade física, alimentação equilibrada, redução dos vícios e descanso são a chave para a melhoria da nossa estrutura física e, sobretudo, de uma vida mais leve, saudável e feliz.

Seja para emagrecer ou ganhar massa magra, procure os profissionais da Nutrição e Educação Física para te ajudar nessa.

Lembre-se que o programa de Coaching desenvolvido pelo Vida Pós Parto vai te apoiar nesse processo, fazendo com que você se conheça melhor e elimine tudo aquilo que impede a sua evolução.

Leave a Reply

  • Site desenvolvido por Agência Vetta