instagramcustom

Família mosaico: como unir filhos de casamentos diferentes

junho 21, 2017

Quem me acompanha já deve ter visto alguns posts falando sobre o novo conceito de família: a família mosaico.

Pra quem não sabe, família mosaico é uma nova configuração familiar, na qual o casal que se une traz junto filho, ou filhos, de relacionamentos anteriores.

Como qualquer outro relacionamento, juntar duas famílias representa desafios tanto para o novo casal quanto para os filhos. Se eles são crianças, então, esses desafios tendem a ser ainda maiores.

O segredo nessas horas é ir com calma. Uma separação pode ser traumática para todos os envolvidos no relacionamento. O ideal é não ter pressa, deixar as coisas acontecerem naturalmente. É preciso de tempo para que os parceiros se conheçam – e sobretudo suas diferenças – e que as crianças também se adaptem à essa nova configuração. Os novos “irmãos “ precisam aprender a se gostar, respeitar e conviver. E isso pode levar um tempo.

O bom e velho diálogo é fundamental: uma maneira super honesta, inclusive, de ajudar a criançada a lidar com as mudanças. Os pais devem ouvir com cuidado todos os medos e preocupações dos pequenos. Utilize as refeições para bater papo com seu pequeno. É super comum eles sentirem ciúmes. Uma dica ótima neste caso é tratar esses sentimentos com bom humor.

Lembre-se que enteado não é filho. A educação, portanto, é responsabilidade da mãe ou do pai biológico. O padrasto ou a madrasta devem apoiar, mas não interferir diretamente na relação. É fundamental o respeito mútuo dos costumes e hábitos do antigo lar.

Por fim, nós, mamães e papais, devemos incentivar o bom relacionamento entre os filhos e evitar situações que reforcem a rivalidade e a competição.

E, claro, seja amiga dos filhos do seu companheiro, mas sem forçar muito a barra, hein?

Leave a Reply

  • Site desenvolvido por Agência Vetta