instagramcustom

Dilema: devo ou não deixar meu filho comer doce?

Dúvida de muitas mamães, hoje falo se podemos ou não deixar nossos pequenos se lambuzarem de doces.

Segundo pediatras especialistas, o açúcar deve ficar longe de crianças até os dois anos de idade. Relaxa: nem é preciso muito esforço. Afinal de contas, se trata de uma faixa etária que as crianças não estão tão suscetíveis a isso.

O mais difícil é que quando começam as influência externas, sobretudo da TV e da Internet. A boa notícia é que os doces podem fazer parte da alimentação da criançada. Desde que com moderação.

Eles devem ser oferecidos como sobremesa e jamais como substitutos de uma refeição.

Lembre-se, entretanto, de nunca condicionar o doce a uma recompensa pela criança almoçar e comer alimentos saudáveis.

É fundamental que ela entenda aquilo como um complemento da refeição principal. E sim: ocasionalmente. Não precisa oferecer todos os dias. e muito menos deixá-la comer excessivamente.

Vale a pena se atentar também para a qualidade do doce escolhido. O chocolate, o bolo e doces caseiros são opções bem mais saudáveis que balas, chicletes e outros produtos açucarados comprados no supermercado.

Uma dica ótima e super saudável é o Muffin de Cranberries, um dos bolinhos preferidos da Júlia. Super fácil de fazer, ele pode ser uma opção para a merenda de sexta-feira de seu pequeno.

Leave a Reply

  • Site desenvolvido por Agência Vetta