instagramcustom

Você pode estar sabotando sua dieta sem saber

novembro 29, 2016

O que faz a gente engordar? A resposta para essa pergunta pode parecer simples.
Há quem lembre daquele sorvete com calda e mais zilhões de acompanhamentos extras super gordinhos. Outras pessoas do churrasco com cerveja no fim de semana ou daquela massa e sobremesa “mara” do almoço de domingo em família. Tem também quem culpa a falta de tempo para praticar alguma atividade física.
Já parou para pensar que sempre jogamos a responsabilidade nos alimentos hipercalóricos ou no sedentarismo pelo aumento de peso?

A boa forma, entretanto, tem inimigos invisíveis, muito mais espertos. Situações bem difíceis de se notar à primeira vista, mas que podem arrasar o nosso (bom) relacionamento com a balança.
A recompensa por ter conseguido uma promoção no trabalho é uma delas. O cansaço físico ou mental depois de um dia lo-ta-do de atividades é outra.

Interromper esse processo de autossabotagem no ambiente corporativo pede muito mais que escolhas saudáveis. É entender que a comida não vai resolver nossos problemas e angústias.
Já pensou se comermos um doce toda vez que sobrevivermos a um dia cheio? A gente viraria uma bola! O planejamento das refeições é fundamental para evitar ataques na geladeira na hora em que a ansiedade bater.
As férias também podem acabar com um ano de conquistas saudáveis. Isso não significa, entretanto, que temos que levar uma marmita fit em todo passeio que fizermos e abrir mão da culinária tradicional daquele lugar.

O segredo do sucesso nessas horas é a moderação. Não precisa comer massa e sorvete todo santo dia em sua viagem à Itália, ou um acarajé se o seu destino for a Bahia. Exagerou hoje? Equilibre amanhã. Ah, você também pode aproveitar para dar uma corridinha e ganhar uns créditos para curtir as experiências gastronômicas sem culpa. Que tal?

O relacionamento, seja o início ou o final, também oferece algumas armadilhas. O casamento, por exemplo, é um prato cheio para maratonas intermináveis de Netflix com pipoca e outras guloseimas, além de jantares regados a uma bebidinha. Por outro lado, o casal pode unir o útil ao agradável e fazer receitas fit juntos. Aposto que vão adorar o hobby novo e aprenderão um jeito mais saudável de se relacionar com a comida.

O mesmo vale para o término. Nada de se entregar à bebedeira ou devorar uma caixa de chocolates inteirinha. Cuidar do shape é importante para deixar a autoestima nas alturas. Treinar libera endorfinas que provocam uma sensação de bem estar muito mais saudável que o álcool e o açúcar.

Lembre-se: a dobradinha alimentação saudável e atividade física é fundamental em todas as etapas da vida, sobretudo, nas idades mais avançadas em que o gasto calórico começa a ficar mais lento.

Leave a Reply

  • Site desenvolvido por Agência Vetta