instagramcustom

Existe vida saudável no self-service

setembro 8, 2016

Nem todo mundo curte ou tem disponibilidade para planejar e preparar suas próprias refeições. A alternativa, neste caso, são os self-services: pratos que agradam a diversos paladares por um preço bem mais honesto que os executivos ou à la carte.

Embora a comida caseira seja bem mais saudável, é possível se alimentar bem nesses restaurantes. É só caprichar nas escolhas.

Como vocês sabem, eu levo minha marmita comigo na maioria da vezes, mas quando surge algum imprevisto, procuro um restaurante que tenha uma diversidade bacana de saladas.

Na hora de servir, confiro todas as opções do buffet. Se deixar para descobrir o que tem só ao servir, as chances de cair em tentação ou cometer exageros são imensas! Aí já era uma refeição saudável.

Depois, eu monto meu prato em pensamento, dividindo em três partes: metade para a salada, legumes e verduras, e a outra metade reservo um espaço para a proteína e o outro para o carboidrato.

Sempre que possível, escolho as hortaliças cruas, ou no vapor, e com a menor quantidade possível de óleo e molhos. Dou preferência aos carboidratos complexos – batata e milho – ou arroz integral. Para temperar, um fio de azeite na salada. Nada de queijo, molho ou mais sal.

Leave a Reply

  • Site desenvolvido por Agência Vetta