instagramcustom

A importância da autoestima

julho 5, 2016

É velho o cliché “preciso emagrecer e ficar sarada para melhorar minha autoestima”. Quem nunca se apegou à essa afirmação?

Só que a autoestima não pode estar condicionada ao emagrecimento ou ao ganho de massa magra. Ela deve existir muito antes que as mudanças no corpo comecem a aparecer.

A autoestima é a avaliação que fazemos de nós mesmas: sentimentos positivos ou negativos sobre o nosso jeito de estar no mundo. Ela se forma na infância baseada naquilo que as pessoas dizem sobre a gente, principalmente nossa família.

Na vida adulta, passamos a depender cada vez menos da aprovação de terceiros para nos sentirmos bem. Bom, pelo menos, deveria ser assim…

Algumas pessoas ainda precisam do reconhecimento externo para acreditarem em si mesmas. E o pior: se aceitarem. O resultado é a baixa autoestima, com fortes sentimentos de inadequação, vergonha e incompletude.

Quem não se aprova vai emagrecer para tentar agradar os outros. Mesmo que consiga o corpo dos sonhos, as chances de não se satisfazer são imensas, com uma busca interminável por aprovação.

Para mudar o corpo, precisamos nos aceitar e acreditar que somos capazes de tal desafio. Do contrário, corremos o risco de desistir e jogar tudo para o alto quando a primeira dificuldade aparecer.

Confiando em nós mesmas, percebemos que aquilo que procuramos externamente é algo que só a gente pode nos dar.

Que tal investir em você?

Leave a Reply

  • Site desenvolvido por Agência Vetta