instagramcustom

É fome ou vontade de comer?

junho 29, 2016

Você acordou e bateu aquela vontade de devorar tudo o que viu pela frente. Não passou muito tempo o almoço, e veio um desejo incontrolável de comer doce?

Situações bem distintas: uma de fome e a outra simplesmente de vontade de comer. E, não, as duas não caminham juntas. É fundamental saber diferenciá-las, até mesmo para controlar a ansiedade quando for apenas vontade mastigar alguma guloseima.

A fome é uma sensação física, sentida no estômago e fácil de saciar. Já a vontade de comer é emocional, surge de repente e está ligada à recompensa cerebral. E o pior: é super difícil de satisfazer.

Os chocólatras são um ótimo exemplo! Ao comer chocolate, eles ativam as regiões do cérebro associadas ao prazer, o que acaba aumentando ainda mais a vontade de comer. O comportamento acaba provocando ganho de peso.

A fome avassaladora também pode ser nociva, levando a um consumo de calorias muito maior do que a pessoa vai gastar. Se esse for o seu caso, é preciso reestruturar as suas refeições.

Quem sente fome em excesso, provavelmente, sobrecarrega o volume de alimentos no almoço ou jantar, por ficar longos períodos sem comer. O ideal é incluir lanches nos intervalos e diminuir a quantidade ingerida nas refeições. Seu metabolismo vai agradecer!

Se a vontade de comer determina o seu padrão alimentar, é preciso regularizar os intervalos e consumir alimentos que aumentem a saciedade. Trocar o açúcar por uma fruta com castanhas quando sentir desejo por doce é uma excelente estratégia.

Vale a pena avaliar também se o comportamento está associado à compulsão ou à ansiedade. Nesses casos é bom conversar com um psicólogo.

Lembre-se: quando você identifica a sua relação com a comida, fica bem mais fácil de reeducar sua alimentação e perder peso com saúde.

Leave a Reply

  • Site desenvolvido por Agência Vetta