instagramcustom

Uma mãe, uma história

julho 26, 2015

Meu nome é Barbara, tenho 31 anos, casada pela segunda vez com o mesmo marido, desde os 17 anos e supermãe da Valentina 8,Gabriel 5 e Catharina 3 anos.

Sempre sonhei com a maternidade e confesso que pressionei muito meu marido, 15 anos mais velho que eu, para aumentarmos nossa família.

Minha primeira filha nasceu quando eu tinha 23 anos e ainda cursava a faculdade de Fisioterapia na UFMG. Tranquei o curso e me dediquei a ela, amamentei livre demanda ate 1 ano e 2 meses e optei por não ter enfermeira ou babá.

Na verdade, minha loucura e amor por ela eram tão grande,que nem mesmo as avós podiam chegar muito perto.(Risos)

Um ano depois engravidei novamente,mas perdi e tive de fazer curetagem. No mês seguinte engravidei e desta vez veio meu Gabriel! Fiquei apaixonada e muito surpresa por constatar que o amor que eu senti pela minha primeira filha, pode se multiplicar!!! Continuei cuidando dos dois sem ajuda. Já havia concluído a faculdade e duas pós graduações.

Quando Gabriel completou 6 meses engravidei novamente mas perdi.Em seguida,2 meses depois, engravidei da Catharina. Foi uma gravidez complicada, tive de fazer repouso absoluto, parar minhas atividades físicas (meu maior vício) e não podia nem carregar os outros filhos. Tive de colocar Gabriel na escola e contar com a ajuda de uma senhora que, desde então, não saiu mais de nossas vidas!

Catharina nasceu prematura e com uma má formação que nos surpreendeu e exigiu mais dedicação e entrega.Ela nasceu com uma fenda no palato e só pôde ser operada com 1 ano de vida.
Ainda assim, continuei cuidando dos três filhos sozinha com ajuda somente aos finais de semana.

Catharina operou e se recuperou super bem… Hoje leva uma vida normal, sem restrições ou cuidados especiais. Aliás,é a mais levada dos três!

Quando Catharina fez 2 anos, coloquei na escolinha e pude, assim, ficar com meio horário livre para treinar e cuidar de mim! Hoje em dia minha rotina é assim: acordo cedinho, faço meu Crossfit as 6:30 antes que todos acordem. Depois, tomamos café juntos e a rotina se inicia: aulinha de natação, inglês, kumon, ballet… Levo, assisto às aulas, busco… Dou almoço e deixo os 3 na escola.

Ha 2 meses,abri meu negócio e pela primeira vez estou trabalhando!

Ser mãe é minha maior realização!!! Me move! Me fortalece! Me tira da cama todos os dias!!!Deus me deu três chances de me tornar um ser melhor e dar todo amor que tenho dentro de mim! É um amor tão forte que faz “doer” as costelas… Rsrsr… Me tira o ar… Uma prisão sem grades… Mas não me imagino sem isso! Meus filhos são tuuuuuudo pra mim!!! E nada nem ninguém mudará minha prioridade: protegê-los e fazê-los muito, mas muito felizes!!!

Por Bárbara Pissolati, mãe e sócia proprietária da FittestMarca

Leave a Reply

  • Site desenvolvido por Agência Vetta